O sistema hidráulico gera partículas continuamente

As altas pressões e vazões jateiam as partículas nos componentes: bombas, válvulas, cilindros e vedações.

As partículas de tamanho igual ou menor do que as folgas dinâmicas críticas são as mais perigosas. Elas têm a capacidade de superar as menores tolerâncias e causar danos a uma ou ambas as superfícies.

Controles de bombas e servo-válvulas têm folgas críticas do 1-10μ e, como resultado, são altamente sensíveis.

A maioria dos fabricantes deste tipo componente requerem um grau de limpeza do óleo NAS 6 ou ISO 17/15/12, a fim de evitar falhas, quebras prematuras e garantir uma longa vida útil.

Você sabia que uma bomba operando com uma vazão de 200LPM em um óleo contaminado (NAS 12 ou ISO 23/21/18) processa mais de 3000 kg de partículas sólidas por ano? Esta mesma bomba com um óleo limpo (NAS 4 ou ISO 15/12/9) precisa processar apenas 6 kg.

Além disso, os metais são catalisadores altamente ativos e aceleram o processo de oxidação do óleo. Este processo de oxidação é neutralizado pelos aditivos antioxidantes que estão presentes no óleo. Através de um processo de polimerização eles aderem às partículas metálicas e, assim, evitar o contato direto entre o óleo por um lado, e do metal no outro. No entanto, novas partículas metálicas necessitam de neutralização constante, o que significa que os aditivos estão lentamente sendo consumidos.

Pequenas partículas metálicas desempenham um papel importante neste processo, pois elas representam uma enorme superfície (Quanto menores as partículas, maior a sua superfície por unidade de volume).

Consequência: Quanto maior a contaminação, mais rápida se desenvolve a acidez no óleo, e mais rápida no óleo ocorre a total perda das suas propriedades físico-químicas. Uma troca de óleo se torna então a única solução.

Causas de mau funcionamento
da servo-válvula

  • Alimentação da válvula direcional: partículas maiores podem obstruir as pequenas passagens do óleo e causar funcionamento inadequado da válvula direcional.

  • Primeira fase do direcionamento: a agulha esfera de comando deve orientar o posicionamento do carretel do primeiro estágio. Mas partículas metálicas muito pequenas provocam o desgaste da superfície da esfera.

  • Como consequência, a esfera se torna oval pouco a pouco, que irá resultar novamente em deslizamento incorreto do carretel principal.

  • Os cantos do carretel de uma servo-válvula têm zero arredondamento. Pequenas partículas metálicas desgastam estes cantos, resultando em vazamento de fluidos e funcionamento inadequado da válvula.

  • No caso da presença de alta quantidade de verniz, pode engripar completamente o carretel. As partículas metálicas também podem aderir entre as folgas e bloquear a válvula completamente.

Ficou interessado em nossas soluções?

Entre em contato diretamente com nossos atendentes.